Return

Aurélia de Sousa: entre regra e exceção

4
EXTENSÃO DO ROMANTISMO

Pormenor Aurelia-Santo-Antonio-Jpeg

A obra de Aurélia de Souza é tão singular e valiosa que nas últimas décadas tem recebido uma atenção crescente, uma redescoberta não só nacional como internacional. Mas o arrojo de Aurélia é maior do que o de ter sido uma enorme pintora: foi-o sendo mulher, artista, culta, solteira e provocadora na transição do séc. XIX para o XX, em Portugal.

 

Marta Bernardes (Porto, 1983) é licenciada em Belas-Artes pela FBAUP e Mestre em Filosofia da Cultura e Psicanálise pela UCM Madrid. Desenvolveu um trabalho de Doutoramento em torno da Voz como figura ontológica do pensamento ocidental, na mesma universidade. Trabalha como poeta, artista visual, teatral, performativa e musical desde 2005. O seu trabalho como artista oscila sempre entre a palavra escrita, o desenho, a cena e a potência da oralidade. Atualmente é Gestora de Projetos Educativos do Museu Da Cidade do Porto.

 

Mariana Jacob Teixeira (Porto, 1982) é licenciada em Arqueologia e Mestre em Museologia pela FLUP. Foi militar do Exército Português entre 2005 e 2011. Desde 2006, trabalha com museus tendo participado em projetos como o Museu Militar do Porto; Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura; Museu do FC Porto by BMG; Museu de Arte da Fundação Cupertino de Miranda e Rede de Museus de Vila Nova de Famalicão. Atualmente é Chefe de Divisão Municipal de Museus do Município do Porto.
Foi agraciada com o Prémio APOM 2014 na categoria “Prémio Investigação”.

 

Inscrições

A participação na atividade é gratuita e requer inscrição prévia através do formulário.

 

Limite de 40 participantes.

 

+ info mdc.educativo@cm-porto.pt. ou (+351) 226057000.

 

ENDEREÇO

Rua de Entre-Quintas, 220 4050-240 PortoLocalização

AUTOCARRO

200, 201, 207, 208, 300, 301, 302, 303, 501, 507, 601, 602, 801

ESTACIONAMENTO

Palácio de Cristal