Avançar

1
RESERVATÓRIO
2
CASA MARTA ORTIGÃO SAMPAIO
3
CASA TAIT
4
EXTENSÃO DO ROMANTISMO
5
ENTRE QUINTAS
6
BANCO DE MATERIAIS
7
RIO DA VILA — em construção
8
CASA DOS 24 — a abrir
9
ARQUEOSSÍTIO —  a abrir
10
CASA GUERRA JUNQUEIRO
11
EXTENSÃO DO DOURO
12
CASA DO INFANTE
13
BIBLIOTECA SONORA
14
ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO — a abrir
15
EXTENSÃO DA INDÚSTRIA — em construção
16
EXTENSÃO MATADOURO — em construção
17
BONJÓIA EXTENSÃO DA NATUREZA — em construção

CASA GUERRA JUNQUEIRO

1
RESERVATÓRIO
2
CASA MARTA ORTIGÃO SAMPAIO
3
CASA TAIT
4
EXTENSÃO DO ROMANTISMO
5
ENTRE QUINTAS
6
BANCO DE MATERIAIS
7
RIO DA VILA — em construção
8
CASA DOS 24 — a abrir
9
ARQUEOSSÍTIO —  a abrir
10
CASA GUERRA JUNQUEIRO
11
EXTENSÃO DO DOURO
12
CASA DO INFANTE
13
BIBLIOTECA SONORA
14
ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO — a abrir
15
EXTENSÃO DA INDÚSTRIA — em construção
16
EXTENSÃO MATADOURO — em construção
17
BONJÓIA EXTENSÃO DA NATUREZA — em construção

CASA GUERRA JUNQUEIRO

A Casa Guerra Junqueiro está situada na Rua de D. Hugo, no Centro Histórico do Porto. Muito próximo da Catedral e do Arqueossítio, este edifício, cujo autor do projeto é desconhecido, constitui um exemplar de arquitetura civil oitocentista e foi mandado construir por Domingos Barbosa, cónego magistral da Sé do Porto.

 

A casa foi adquirida em 1934 pela filha do poeta Guerra Junqueiro e por ela doada à Câmara Municipal do Porto em 1940, juntamente com o espólio artístico do poeta. Inaugurada em 1942, foi requalificada pelo arquiteto Alcino Soutinho, e em 2017 o Museu foi alvo de intervenções pelo arquiteto Camilo Rebelo no integrado no conjunto de trabalhos de modernização e valorização nos museus municipais.

 

A estação 10 do Museu da Cidade, reconstitui o ambiente e a disposição original dos objetos na casa onde o poeta Guerra Junqueiro viveu no Porto, expondo coleções de cerâmica, metal, ourivesaria, escultura, mobiliário e têxteis de períodos compreendidos entre os séculos XV e XIX. Com enfoque nas artes decorativas, cada objeto realça um interesse particular quando evoca a sua época e transporta uma genealogia.

 

Além do eixo radial onde se inscreve, o eixo sonoro, comum a todas as estações do MdC, a Casa Guerra Junqueiro é um dos lugares-chave do eixo romantismo, sendo Guerra Junqueiro, o poeta da República, entre a escola romântica e a realista, mas também através de relações menos evidentes com este período da história na relação com a cidade e a contemporaneidade. O GABINETE DE DESENHO, recentemente inaugurado, é um espaço com exposições de periodicidade trimestral que programa artistas de várias gerações dedicados à prática errática ou sistemática do desenho, entendido como modo de projetar e de imaginar.

 

Imagens—Atlas: António Alves (MdC), Fernando Noronha (MdC) e fotos do arquivo da Coleção MdC.

Bilhetes

BILHETEIRA ONLINE

 

GABINETE DE DESENHO

Entrada gratuita.

HORÁRIO

Terça—Domingo
10H—17H30

Encerra às segundas e dias feriados.

Endereço

Rua de Dom Hugo, 32. 4050-305 Porto
Direções

Autocarro

22, 207, 303, 400, 904, 905, ZH, 202, 207, 303, 400, 500, 900, 901, 904, 905, 906, ZH

Metro

S. Bento
Funicular: Batalha

Estacionamento

Dom João I

Eixos

SONORO

ROMANTISMO