Voltar

De Azulejo em Azulejo… onde o Porto se renova

6
PALACETE DOS VISCONDES DE BALSEMÃO | BANCO DE MATERIAIS

A azulejaria tradicional de fachada dos séculos XIX/XX servirá de tema à Deriva pela Cidade. As obras de reabilitação de edifícios revestidos a azulejo multiplicam-se, desafiam o tempo, tentam manter a génese duma imagem forte que tanto carateriza a Arquitetura Portuense. Por entre ruas sinuosas observam-se fachadas desiguais ou sobriamente repetidas com aquele azulejo original, replicado ou reinventado na sua forma, cor e matéria… é aqui onde o Porto se renova!

Paula Lage é licenciada em História e colaboradora do Banco de Materiais desde 1999. Entre as várias áreas de trabalho no âmbito do Património Cultural destaca-se a emissão de pareceres no âmbito do licenciamento urbanístico e a inventariação dos elementos cerâmicos no edificado. Contribui para a preservação, inventariação, estudo e difusão dos diversos elementos construtivos com valor patrimonial (azulejos, ferros, estuques, etc.), colaborando na conceção, produção e orientação de visitas, oficinas e outros projetos educativos.

 

Inscrições

BILHETEIRA ONLINE
Nas Estações do MdC, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett ou no Teatro Municipal do Porto.

 

Inscrições

2€

 

Cartão Porto, titulares do cartão Bibliotecas Municipais, colaboradores CMP e Empresas Municipais

1€

 

Estudantes

1,40€

 

Limite de 20 participantes. + info mdc.educativo@cm-porto.pt. ou (+351) 226057000.

 

Ponto de Encontro

Banco de Materias – Palacete dos Viscondes de Balsemão
Praça de Carlos Alberto 71, 4050-157 Porto
GPS: 41.148946, -8.615291
Localização

AUTOCARRO

22, 304, 305, 507, 601, 602

METRO

Trindade

ESTACIONAMENTO

Carlos Alberto, Leões;
Praça de Lisboa